Paraná encerra jejum e vence o América Mineiro por 1 x 0

(Foto: Panda Mourão / América)  - Paraná encerra jejum e vence o América Mineiro por 1 x 0
(Foto: Panda Mourão / América)

Com a participação direta de garotos da base, o Paraná Clube voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série A. Na tarde de sábado (10), o Tricolor fez 1 x 0, no América Mineiro, encerrando o incômodo jejum de 18 jogos sem triunfos na competição. O técnico Dado Cavalcanti destacou a aplicação do grupo e a forma como os jogadores se entregaram à estratégia de jogo traçada para a partida, realizada no estádio Independência.

Com uma postura bem coesa e repetindo a formação do último jogo – à exceção de Mansur, que entrou na vaga do suspenso Igor –, o Paraná criou as melhores oportunidades na etapa inicial. Na melhor delas, aos 19 minutos, após cruzamento de Grampola, Jesiel perdeu a chance de abrir o placar. Pouco depois, o Tricolor perdeu Mansur, lesionado, e Silvinho entrou no seu lugar. O jogo seguiu equilibrado, mas sem sustos.

O América, a rigor, só chegou aos 44 minutos, quando Zé Ricardo pegou sobra da defesa e bateu por cima do gol. O desempenho ruim fez com que o técnico Adilson Batista trocasse dois atletas no intervalo. O time mineiro voltou com Carlinhos e Rafael Moura. Mas, mesmo assim, o time da casa pouco perigo levava à meta de Richard. Isso até os 19 minutos, quando o árbitro Wagner Reway foi, no mínimo, “rigoroso” ao expulsar Renê Santos quando o zagueiro ergueu demais a perna em um lance de disputa de bola.

O Paraná precisou se fechar com a entrada de Jhony Santiago e o América se mandou para o ataque. Em cruzamentos na área, Rafael Moura desperdiçou duas boas oportunidades. Dado trocou Grampola por RodrigoCarioca e, aos 44 minutos, o Tricolor matou o jogo. No contragolpe, Rodrigo Carioca tocou para Andrey, que se livrou da marcação e, na saída de João Ricardo, definiu a vitória paranista: 1 x 0. Na próxima quarta-feira (14), o adversário será outro clube mineiro, o Atlético, na Vila Capanema.

Técnico demitido 

Com o resultado, e cada vez mais próximo do rebaixamento, o time mineiro demitiu o técnico Adilson Baptista após a derrota para o lanterna Paraná. 

"Adilson Batista não é mais o técnico do América. O clube agradece ao treinador pelos serviços prestados e deseja sucesso no prosseguimento de sua carreira", informou o América-MG por meio de sua conta oficial do Twitter.

Colaboração Assessoria Paraná Clube